Benefícios de adotar a coleta de dados na gestão de qualidade
Além disso, somente com essa coleta é possível tomar decisões sem “achismos” e assegurar um processo ágil e preciso. Para que você compreenda melhor quais são as vantagens de adotar essa forma de gerenciamento, separamos 5 benefícios que ela proporciona para o controle de qualidade. Confira!  

Evitar a queda de qualidade

A qualidade da matéria-prima é um dos fatores mais importantes para a fabricação de bons produtos na indústria têxtil. Muitas vezes, acreditando que é possível utilizar um rolo de malha mais barato e produzir a mesma quantidade de peças do produto mais caro, a confecção pode acabar perdendo qualidade. Por este motivo, ao adquirir rolos de tecido, além de conferir a quantidade, é importante checar características como a regularidade metrológica (largura e tamanho), além de verificar se há defeitos nas malhas, qual o comprometimento da área útil e analisar os padrões de qualidade de cada rolo. Manualmente esses processos podem levar tempo, mas utilizando máquinas tecnológicas — como uma Revisadeira de Malhas e um Sensor Régua Digital, por exemplo — juntamente com um sistema de ERP (Planejamento dos Recursos da Empresa), é possível analisar esses dados e registrá-los em um mapa de defeitos. Depois, o relatório é inserido no sistema, facilitando a classificação e a análise de defeito dos rolos. Assim fica bem mais simples evitar o recolhimento do rolo do enfesto por conta de defeitos de fabricação e variação de medidas.

Redução de custos

O controle da qualidade, abordado no tópico anterior, afeta diretamente na quantidade de malha utilizada. Isso porque, ao adquirir malhas de pouca qualidade, no momento do encaixe podem faltar malhas por conta do excesso de furos e dos defeitos. Usando mais malhas do que o necessário, o ROI (Retorno Sobre Investimento) cai, muitas vezes sem que a gestão perceba.
Gráfico demonstrando a queda dos custos quando se aplica uma real gestão de qualidade.
Além disso, ao coletar os dados e analisá-los, é possível identificar qual o fornecedor mais barato, baseando-se no custo final de um produto. Tais ações podem representar uma redução de custos significativa para o processo produtivo.  

Controle de produção e demanda

Nem todas as fábricas possuem um controle de informações referentes a sua capacidade produtiva. Na prática, isso significa que não se sabe quantos rolos são usados para produzir determinada quantidade de peças. Este é um dos problemas que atrapalham o crescimento da indústria têxtil, pois, sem esses dados, não é possível calcular informações importantes, como a quantidade de malha que deve ser adquirida. Já ao coletar dados e armazená-los em um sistema, é possível melhorar a gestão do setor de compras, que pode elaborar um estudo sobre sazonalidade e fazer a previsão de vendas, adquirindo as malhas conforme a saída em cada período. O controle da demanda e do estoque por meio de dados também pode mostrar quais produtos trazem o melhor retorno de acordo com informações como a rotatividade do estoque, hábitos dos clientes e até o método utilizado pelo vendedor. Fonte: www.deltaequipamentos.ind.br – em 18/04/19  

Comentários

Realmente gerenciamento e cuidado com os custos são de suma importância para viabilidade do negócio.

Muito Mais Digital - abril/2019

Deixe seu comentário